quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Hoje é um dia triste

A avó teve de ingressar num lar. Os meus pais não conseguem tomar mais conta dela. 

Veio para cá viver quando eu fui para a faculdade. 

No meio deste processo tive de me chegar à frente, colocar-me ao lado da minha mãe e, por vezes, à sua frente para sua proteção... Durante este processo descobri que tenho vergonha da minha família. Não são gente. Não há empatia. Não há humanidade. De alguns pelo menos, outros dão chapadas de luva branca, sem qualquer obrigação, a quem deveria fazer mais e melhor. 

Hoje foi um dia triste e, para além disso, um dia cheio de raiva. Há pessoas más na minha família. E eu tenho de decidir se esqueço ou não. Se há coisas que se podem esquecer ou não. 

4 comentários:

  1. Lamento bastante. Sei como é um momento complicado e delicado. Também já passei por ter de deixar uma avó num lar. Se estás perto, visita-a muito. Sempre que puderes. Isso fez bem a todos, no nosso caso. Desejo-te coragem para enfrentares as vossas circunstâncias.

    ResponderEliminar