quarta-feira, 9 de abril de 2014

Too Much Information XI - O amor anda no ar

Vou responder, pela primeira vez, ao desafio das TMI Questions, que chegam até mim (nós) através dos Coelhos. (Ela tarda, mas chega.)

1- Quem foi a primeira pessoa a dizer "Amo-te"? (A mãe não conta!)
Hmm... Foi o meu primeiro namorado.

2- Quem foi a primeira pessoa a quem disseste "Amo-te"?
Foi também ao meu primeiro namorado. :)

3- Amor à primeira vista ou um amor que vai crescendo?
Paixão à primeira vista, o Za Za Zu, e depois um amor (seja lá o que for) que vai crescendo.

4- Quem foi aquela paixão que de repente desapareceu?
Porque não há (amor) paixão como a primeira: AQUI.

5- Um único amor de uma vida, ou mais do que um?
Pois, espero no fim da minha vida poder responder (de forma feliz). Mas será a minha resposta, certamente, cada um terá a sua e parecem-me ambas válidas. Ainda não vivi o suficiente para poder responder com certeza.

6- Alguma vez te arrependeste de dizer "Amo-te"?
Não. Nunca o disse por dizer.

7- As músicas românticas são tolas?
São, claro! Mas e depois? Tudo faz parte da vida e essa disposição é qualquer coisa de maravilhosa. Especialmente quando somos retribuídos de igual forma.

8- Qual é a tua música romântica favorita?
Ui, vai variando. Acho que não tenho nenhuma música favorita...

9- És romântico?
Não, nada. Isto é, no trato, com o mais que tudo, acho que sim, dar miminhos, abracinhos, beijinhos (e miminhos outra vez) e cuddle, etc... Sim, penso que sim. Agora, fazer coisas românticas já nem por isso. Pelo menos, nunca o fiz até agora. Não me parece que tenha jeito algum. Sou muito mau namorado nisso. Por exemplo, o meu primeiro namorado escreveu-me uma carta de amor (a única da minha vida, pelo menos até agora) e eu não retribui. E até que gosto que me façam coisas românticas, desde que não sejam altamente pirosas e sejam engraçadas. (De vez em quando desce em mim uma mariquita pirosa.)

BÓNUS
Alguma vez disseste "Amo-te!" no calor do sexo? Isso conta?
Não, acho que não. Se conta? Claro que conta, deve ser como quando estamos bêbedos (não sei, que nunca estive bêbado) e ao que parece dizemos mais verdades. E conta pelo menos por ser aquele momento, naquele momento.

14 comentários:

  1. Claro que és romântico :)
    (e "amo-te" no calor do sexo não conta :p)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou? Obrigado :)
      :O Porque é que "amo-te no calor do sexo não conta?

      Beijinho

      Eliminar
    2. És :)
      Claro que não conta. Onde é que já se viu!
      Pode dizer-se muita coisa no calor do momento, mas "amo-te" é que não. Sou purista nessas coisas.
      bjo

      Eliminar
    3. Um dia destes tenho de te perguntar porquê... xD

      Mas dizes amo-te quando estás com alguém que amas, mesmo no calor do momento, certo? Ou não?

      Beijos

      Eliminar
    4. Claro, mas a pergunta não me pareceu ser essas. E não amo niguém há muito tempo...
      bjs

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Acho que farias lindamente em responder :)

      Eliminar
  3. Agora fiquei curioso em saber o que classificas por piroso xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hmmm... Um urso porta chaves a dizer amo-te xD

      Eliminar
    2. Hmmm Yah isso já me serve como piroso sim ahahahah

      Eliminar
  4. O ser romântico não está nas coisas, mas sim na atitude. É o que eu acho...

    ResponderEliminar