quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Seriously life?...

...Não podia estar tudo a correr bem? Tinha de alguma coisa começar a correr mal? Eu não podia andar feliz? Tinhas que chegar com esse temperamento de que quando as pessoas andam felizes durante algum tempo tens de lhes arranjar problemas e pimba, para baixo? Um mal nunca pode vir só?
Devo ter feito muito mal eu, só pode. E ainda para mais a minha mãe teve de ir ao hospital, só espero que não seja nada de grave mas como é claro tem de se andar para trás e para a frente para pedir a porcaria de uns simples exames enquanto as pessoas sofrem. Tinha mesmo de ter mais problemas/preocupações/tristezas? Eu sei que existem pessoas com problemas bem mais graves que os meus, eu sei. Mas cada um queixa-se dos seus não é? E depois claro tenho de explodir para algum lado não é?



P.S. Só  não acabo com o blog porque gosto muito de vos ler (e gosto do meu blog) e apesar de tudo este é o canto onde desabafo para ninguém especial. Sim, porque se perguntarem a alguém com quem estive hoje dirão-vos que continuei alegre e a sorrir como sempre a brincar com as coisas e a divertir-me. Ao menos chego aqui e desabafo, nem que seja para o ar. (Just needs a few of love and a hug)


(Para quem já viu o filme sabe e percebe de onde estas imagens vêm)

[E pronto já passou o momento de coitadinho já desabafei, alegrias para cima...]

10 comentários:

  1. Bom espero que tudo se resolva e que a tua mãe melhore.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Obrigado Francisco. Pelas últimas notícias que tive já se sente melhor :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. As melhoras, e não, não acabes com o blog, também gosto de te ler, eu também uso o meu para desabafos.
    Força! estamos aqui!
    Abraço

    JC

    ResponderEliminar
  4. Obrigado João, e o blog não vai terminar ou pelo menos não tenho intenções de

    Abraço ^^

    ResponderEliminar
  5. Depois da Tempestade, vem a Bonança

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Há momentos assim, e o facto de estares longe não ajuda, mas há formas de te fazeres sentir perto, uma palavra mais especial ao telefone ajuda muito à mãe no outro lado. Estimo-lhe as melhoras!
    Entretanto espero que a fase mais negativa tenha passado...normalmente depois de uma fase má vem uma boa que compensa.

    Curiosamente estive a ver este filme na 6ª-feira, muito por inspiração tua:-)

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  7. Obrigado :) espero por essa fase compensatória xD

    E sinto-me lisonjeado, gostaste ou nem por isso?

    Abraço ^^

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem que gostaste eu também acho :)

    ResponderEliminar