domingo, 8 de junho de 2014

Momento Mariquita

Preparem-se! Vou queixar-me...
Depois de um final de tarde, noite e madrugada de sexta deveras caricatas (para dizer o mínimo), provocada pela avó (que obviamente não tem culpa de estar doente), e a  sua continuação durante o sábado que me (nos) levaram a acompanhá-la ao hospital demasiadas horas (não são sempre?), estou cansado e a ter de trabalhar para a faculdade. Contudo, tenho já as coisas atrasadas (mea culpa, mea culpa) e a azáfama aqui pela aldeia é para continuar, cheira-me. E não gosto do meu mestrado, o que leva a vontade para fazer os trabalhos pelo...
Mas pronto, pelo menos havia um doutor, um enfermeiro e um paciente (um de cada portanto) jeitosos e a malta sempre fantasia, entre a espera dos exames médicos, puxar umas calças azuis para o chão e apalpar um rabo enquanto nos encostam a uma parede, beijam e fazem pressão sobre nós com o baixo ventre. Mas a vida não é a Anatomia de Grey.
Bem, posso sempre dedicar-me a escrever o Jámon ou o Zé, assim uma espécie de livros Bianca ou Sabrina para gays.

14 comentários:

  1. as melhoras para a tua avózinha e para a tua motivação xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Kyle :)
      A minha avó felizmente está melhor. Contudo, a minha motivação continua nas ruas da amargura

      Eliminar
  2. tb passei muitas horas em hospitais por causa da minha avós. que a tua tenha rápidas melhoras.
    mas eu não tinha esses pensamentos pecaminosos...
    tu andas a pedi-las :p
    bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, já está melhor :)
      Eu tive, mas foram elaborados na altura da escrita do post. Ter um médico ou enfermeiro em casa dá sempre jeito, já se sabe...
      Achas que ando a pedi-las? Se calhar até ando, mas ninguém me dá xD

      Beijos

      Eliminar
  3. Eu que estou desempregado já acho tao incrível essa sua rotina de mestrado, trabalhos e ocupação! Que sonho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, imagino que sim. Estar desocupado é igualmente frustrante.
      Nunca estamos bem com o que temos, é o que é.

      Eliminar
  4. há muitos anos, bem, alguns após a licenciatura, meti-me num mestrado, na mesma área que a licenciatura. só fiz o primeiro ano. não gostei. só ouvia temas repetidos e, de facto, era um erro se continuasse. felizmente, ainda foi no tempo em que eram relativamente baratos. agora, queria fazer algo diferente, mas as propinas estão acima das minhas possibilidades.
    as melhoras da avó. se quiseres ver caras novas e catitas, vem ter comigo um dia e apresento-te os dois veterinários da joana :p
    ahah, essas revistas, a minha tia lia imenso disso, de modo que esqueceste de referir a Júlia. do tempo lá mais para trás também houve a Colin Tellado.
    bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida, e que tal procurares umas informações acerca de bolsas? Penso que o que mais importa é o irs, e pode ser que consigas uma diminuição das propinas. Não custa nada tentar aquilo que queremos :)
      Obrigado, ela já está melhor. Hahahaha e porquê conhecer os veterinários da Joana? xD
      Existem uma data desses livros, com imensos nomes, nunca li nenhum.
      Beijos

      Eliminar
  5. Com o tempo de espera nos hospitais podes escrever romances eróticos com cerca de 500 págs...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer, penso que passei lá mais de 8 horas entre esperar exames e afins

      Eliminar
  6. Andas a fantasiar muito Ricardo, vê lá se não acabas contra um poste... Bom, o resto deixo à tua imaginação LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque é que havia de ir contra um poste e o que é que isso me deixa à imaginação? xD

      Eliminar
    2. Mas hoje tenho que passar a tarde toda a explicar os meus comentários? LOLOL

      Porque a fantasiar é andar com a cabeça nas nuvens e depois não vês os obstáculos e vais contra um poste... lol percebido?

      Eliminar
    3. Só te faz bem.
      E percebidíssimo :)

      Eliminar