quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Woo-oh, oh-oh

Já há algum tempo que nada me transmitia esta sensação. (Hmmm...) De que afinal a paixão ainda existe/é possível? Sim, acho que é isto que me transmite. Dá para sonhar... Desde os primeiros acordes que me despertou algo... Esperança?



Sei que só tenho 21 anos. Mas será que me voltarei a apaixonar? A ter aquele primeiro impacto, o za-za-zu, de algo novamente arrebatador e que nos faz sonhar? O amor!... Ou já queimei os meus cartuchos com as paixões não concretizadas? (Eu sei, eu sei! 21 anos...)

Woo-oh, oh-oh

18 comentários:

  1. Respostas
    1. Sim, ora aí está outro adjectivo que assenta que nem uma luva, fresquinho!

      Abraço :)

      Eliminar
  2. com 21 anos eu nem sabia o que era paixão e tu já andas com essas preocupações xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toda a gente sabe que cá dentro é como se tivesse 100 xD

      Eliminar
  3. Ahahah! Adorei o za-za-zu XDDD
    Claro que sim! E quando isso acontecer, vai ser tiro e queda :)
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha vi uma vez essa expressão a ser usada no Sexo e na Cidade, não sei como é que não se tornou "uma coisa" xD

      Bem, verdade seja dita, na minha opinião acontece uma vez em mil anos aquilo que aconteceu contigo e com o R. E ainda bem que vos aconteceu que vocês são maravilhosos :)

      Mas o mundo ainda tem muito que girar.

      Abraço e outro ao R.

      Woo-oh, oh-oh

      Eliminar
  4. »Everybody wants to be loved. Everybody wants to be in love. But do they believe they will find love?«

    http://youtu.be/iz38FbEycms

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então a Laura servia todos os dias o moço e não percebeu que ele era surdo? Está mal xD


      Abraço Samurai K. e obrigado pela partilha ^^

      Eliminar
    2. Talvez ele fizesse o pedido a outro funcionário indicando na lista o que queria e ela não se tivesse apercebido disso. A moça gostava dele, não impliques :P

      Eliminar
  5. Respostas
    1. As meninas agradecem xD


      Abraço Francisco ^^

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  6. Não procures como se tivesses perdido alguma coisa. Vive a tua vida sem dares prioridade a isso. Quando menos esperares, sentes o za-za-zu, as borboletas no estomago, ou outra coisa qualquer que lhe queiram chamar.

    Quando tudo parece perdido, se olhares bem a fundo, vais ver que não está. Não te aflijas desnecessariamente.

    Abraço.


    P.S. - A propósito, gostei do som :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nobody, não te preocupes, não é isso que faço. A felicidade da minha vida não está hipotecada num relacionamento que pode nem existir, há mais coisas que quero para a minha vida. E eu sei que assim é, sem buscares ele vem. Trata-se aqui de uma coisa diferente.

      Não estou aflito, sei que o mundo tem muito que girar e as coisas levam tempo. E o tempo traz outras tantas coisas com ele .

      Abraço e obrigado

      E boa! Gosto pelos teus comentários :)

      Eliminar
  7. Já foi tudo dito! A seu tempo, aparecerá. Entretanto, vai vivendo da melhor forma possível. :)

    abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha Mark, há sempre tanto por dizer :) Espero que sim, mas nunca se pode ter a certeza.

      Abraço

      Eliminar