quinta-feira, 2 de novembro de 2017

De se ser giro

Seja correcto ou incorrecto, a verdade é que ser giro ou gira, bonito ou bonita, tem as suas vantagens. 

Já tinha sido alertado para o facto de que não só a pessoa que estava a atender o telefone era nova como também o era o moço das entregas e que esta podia demorar 50min.
A entrega da comida demorou mais que o habitual e mais do que seria admissível (1h40 - para quem não come desde o meio dia e meia, imaginem o humor com que estava). 
Estava preparado para soltar a fera, mas o miúdo que apareceu aqui à porta era giro (Damn it!). Apesar disso, já estava preparado para ser mau e não dá para desperdiçar a atitude.
- Hmmm... Como vai pagar?
- (Bitch face on - and position) Multibanco... 
- Hmmm pediu à minha cole... (levanto o sobrolho) a minha colega não lhe perguntou?
- Não... (Tinha ligado uma segunda vez por causa desta questão e para perguntar pela demora, a menina garantiu-me que o colega trazia o aparelho, uma vez que andava com outras encomendas, e desculpou-se por não me ter perguntado pelo modo de pagamento)... Não o trouxe? (Perguntei eu ao moço).
- Não. (Disse ele encavacado). 
- Bom, posso ir levantar dinheiro, mas tem de esperar um bocadinho. Tem troco?
- Hmmm (e começa a verificar a carteira. Percebo que deve ter troco mais depressa do que ele - não dá para tudo, ser bonito e perspicaz, acreditem.)
(...) 
Vou levantar dinheiro e volto. Está frio na rua e o moço está à minha espera na entrada do prédio. Vou com o meu olhar de mau desde o início da rua. Vocês não sabem, mas no trabalho preciso de usar o meu olhar de mau e portanto este é bastante apurado. E penso na descasca que estou quase a dar ao gaiato - que deve ter a minha idade, mais ou menos. 
Chego perto dele e está o “puto” (muito) giro (Damn it!) com um olhar de cachorro abandonado e quase a chorar...
- Desculpe... 
- Pois! Isto hoje não foi famoso... 
E não tive coragem de dizer mais nada ao moço das entregas que lá me explicou a situação. 
Bem, só vos digo que ainda levou uma gorjeta de 5 cêntimos, ao que parece o troco não era suficiente. Ah, tocou-me no ombro enquanto me desejava um bom jantar (hihihi).

1 comentário: