quinta-feira, 21 de maio de 2015

Memória de Gay

Estava eu no metro, a voltar para casa, e veio-me à memória, digo-vos já, de uma maneira muito objectiva, como quem analisa um facto, que a pila mais jeitosa/bonita que alguma vez vi na vida foi no balneário da escola, ao longo do nono ano, e pertence (suponho que a criatura continue viva e com o seu birimbau) a um rapaz (espantem-se!) que foi da minha turma. 


12 comentários:

  1. LOOOL!

    E andavas a pensar em quê pra te lembrares disto?? hahhaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Juro-te que em nada que tivesse que ver com pilas. Bem, a não ser o facto de se ter sentado um moço no metrô naquela altura.

      Eliminar
  2. Um berimbau não é um instrumento que se toca com as mãos? Não seria antes uma flauta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toca-se com as mãos e com a boca. http://www.priberam.pt/dlpo/berimbau



      Eliminar
  3. E quantas vezes esgalhaste o pessegueiro á conta disso? LOLOKL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que não devem ter sido muitas, não era das pessoas mais interessantes...

      Eliminar
  4. o armazenamento de nossa memoria é incrivel mesmo, do nada as informações e sensações do passado emergem, muitas vezes sem programarmos! rsrsr e ai? foi atras da saudosa pila? que tal procurar o facebook do gajo? talvez seja teu subconsciente te dando um recado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade.
      Eu? Não tenho qualquer tipo de interesse nisso. Se o quiser descobrir é bastante fácil até. Não, duvido que o meu subconsciente me queira dar esse tipo de recado.

      Eliminar
  5. Pois realmente uma pilinha pertencer a um rapaz é um grande espanto lolol :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deves achar que não há meninas que também as têm?

      Eliminar