segunda-feira, 20 de abril de 2015

A definição do amor

Acho que encontrei a definição do amor (e reparem que é "do amor" e não "de amor"). 
"É sabido que à paixão falta discernimento"*. Será então o amor paixão acompanhada de discernimento?


Jacques Rancière, Os Intervalos do Cinema, Orfeu Negro

8 comentários:

  1. a paixão é um sentimento fátuo. nem com todo o discernimento consegue essa permanência do amor.

    ResponderEliminar
  2. mas é só uma opinião. vale o que vale :-p

    ResponderEliminar
  3. Concordo, mas haverá amor sem o sentimento da paixão? Isto é, apaixonas-te. Ela começa a desvanecer, mas aí entra o discernimento e torna-se amor?

    ResponderEliminar
  4. o sentimento de paixão e de amor são diferentes. tu apaixonas-te ou não. o amor pode desenvolver-se sem paixão. podes apaixonar-te e ela simplesmente queima antes de haver amor. podes apaixonar-te e ao mesmo tempo que ela queima amor cresce. os modelos são variados. há amor sem discernimento também. amores cegos existem bastantes e dos que duram duram...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto. Não encontrei então a definição de amor. Obrigado Silvestre, e venha a próxima tentativa.

      Eliminar
    2. O Amor é a resposta involuntária à virtude

      Eliminar
    3. O Amor é a resposta involuntária à virtude.

      Eliminar
  5. excelente definição! hoje em dia concordo totalmente! rsrsrsr

    ResponderEliminar