segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Há coisas que não devem ser verbalizadas


Vou para o local de estágio, chega a minha orientadora.
Orientadora verbaliza (algo deste género) - "Que giro que está hoje, que elegante, todo compostinho! Gosto de o ver assim."
Eu verbalizo (algo deste género) - "Pois, está frio. Uma pessoa tem de vestir mais roupa." (A desculpa oficial verbalizada.)
Enquanto penso: *Isso e porque tenho de disfarçar a marca do chupão que tenho no pescoço...* (A desculpa não oficial não verbalizada.)

7 comentários:

  1. agora só falta verbalizar, aqui no blog ao menos, como este chupão apareceu ai! rsrsrs

    ResponderEliminar
  2. :p pois, pois...
    dizes que é do frio, pois...

    ResponderEliminar
  3. O melhor do chupão, é não verbalizá-lo! Mas imaginar quem o deu. É muito mais sedutor.

    ResponderEliminar
  4. Eu, nos meus tempos de estudante, já na faculdade, tive um prof que era uma brasa. E um dia apareceu com um valente chupão no pescoço. Andou tudo em histeria.
    ~Isto para dizer que isso não é coisa que se disfarce :P

    ResponderEliminar
  5. E a pergunta que se impõe: Quem lhe fez tal coisa menino Ricardo?
    eheheheh XD

    ResponderEliminar