quinta-feira, 10 de julho de 2014

De se trabalhar no campo

À próxima pessoa que me der a entender que "trabalhar no campo deve ser fantástico", vou desejar que seja enrabada a seco por um pepino do entroncamento, só naquela de ver se também será fantástico. É que, bem vistas as coisas, em última análise são dois fenómenos muito semelhantes. Há quem goste, certamente, mas ambos implicam muito boa vontade e um espírito de sacrifício enorme e há de ser (trabalhar no campo é) uma coisa muito difícil. Just Saying.

12 comentários:

  1. Ai Ricardo, estas bichas da cidade, não sabem o que pesa uma enchada!
    Nem que o dia no campo começa às 6.00 da manhã...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade. Mas eu adoro quando me falam da vida idílica do campo

      Eliminar
  2. Eu sei o q é trabalhar no campo, tb já trabalhei. A parte de se ser enrabado, adoro ser enrabado por quase tudo xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora ainda bem.
      Olha, meu caro, cada um gosta do que gosta. Cada um sabe de si e Deus sabe de todos :)

      Eliminar
  3. Gosto muito de pepino, mas dispenso o enrabamento. E continuo a querer ir trabalhar para o campo :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :D Tudo bem. Mas não penses que é apenas aquela idílica imagem...

      Eliminar
  4. Ser enrabado por um pepino deve ser cruel hahahahaha

    Abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois deve, que eles têm uns pequenos espinhos xD

      Abraço

      Eliminar
  5. Eu não aprecio pepino.
    Mas o Flávio parece que já se candidatou ao teu fenomenal pupino do Entroncamento.
    :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não e acho que fico sempre com soluços quando como...
      É verdade, mas o pepino não é meu apesar de ser todo dele xD

      Eliminar
  6. Muitas vezes penso que comparando a cidade com o campo, acabo sempre por preferir o campo. Qualquer trabalho honrado tem a sua dificuldade própria. Muito mais me canso por vezes do trabalho intelectual do que do físico.

    PS: É claro que moro no campo. loool

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A cidade e o campo possuem as suas coisas boas e más. Não trocava um pelo outro, o segredo está no equilíbrio. Para umas coisas prefiro a cidade, para outras o campo. Gostos não se discutem.
      E é claro que tudo tem as suas dificuldades. Como disse num qualquer comentário é altura de cansar umas coisas e descansar outras :)

      :D

      Eliminar