domingo, 12 de fevereiro de 2012

Honey, I'm home...

Prometi no post anterior que contaria como foi o pedido de namoro e eu como sou uma pessoa que gosta de cumprir a sua palavra, aqui vai:
Bem, estávamos em casa dele e ele já me tinha dito que iríamos jogar ao verdade e consequência na terceira vez que estivéssemos juntos (ele tem uma aplicação no telemóvel toda xpto em inglês, modernices portanto...) e assim foi, passamos a tarde a jogar (e não só) e no fim, a última verdade era a pergunta "Queres namorar comigo?"...
 Pois bem, eu confesso que disse que não, que não ia responder a uma pergunta daquelas feita pelo telemóvel. Ele insistiu para eu responder mas, eu continuei a dizer que não respondia a uma pergunta feita pelo telemóvel, se queria mesmo saber devia ser ele a pedir-me...  E depois lá me confessou que tinha sido ele a programar o telemóvel para fazer aquela pergunta. Eu confesso ainda que estive quase a recusar, não nos conhecemos assim há tanto tempo e eu tenho a mania de pensar demais nessas coisas para dar assim uma resposta. Mas, resolvi aceitar, afinal de contas, eu gosto dele e ele de mim, e o namoro é uma fase para as pessoas se descobrirem e se darem a conhecer uma à outra, ou não? Pois bem, aceitei é claro!
Depois, quando voltava para casa apercebi-me de uma coisa (da minha estupidez), se a aplicação era em inglês, se estivemos a tarde toda a ler perguntas e desafios em inglês porque é que eu pensei que a pergunta que estava feita em português seria do telemóvel, como é que não me apercebi que tinha sido obra dele?
Sim, só eu para dar cabo (ou melhor quase) de um pedido de namoro mais fofinho...

E agora, vou ali até ao sofá com a minha vogue por ler e vou tentar não acordar o meu namorado que lá está a dormir (:P) sim porque enquanto eu lavei a loiça do nosso almoço, arrumei, limpei e preparei todas as coisas do meu quarto (qual dona de casa!) e para o regresso às aulas amanhã, alguém adormeceu no sofá, mas, pensando bem, ele vai acordar com o barulho da impressora e eu vou aninhar-me nele com a revista, com a vossa licença...
(Só vos conto isto porque ele depois lê o blog e sorri todo convencido...)


P.S. Peço desculpa pela ausência e pela demora a contar o que prometi mas o frio não ajuda nada para combater a preguiça e nem sequer tenho estado muito tempo no pc, logo não tenho tido tempo para andar aqui pelo blogger e pelos vistos continuo sem conseguir comentar nos vossos blogs. Vou tentar ser mais presente...

12 comentários:

  1. É o pedido de namoro mais fofinho(e criativo)de que me lembro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Os louros vão todos para ele, eu só tenho a agradecer ^^

      Eliminar
  2. epá... que fofinhos. realmente ele foi muito original

    felicidades :D

    ResponderEliminar
  3. não precisas de preocupar-te em comentar blogues alheios. parece que tens coisas melhores para fazer. Vai "mashé" namorar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahah e fui :P
      Mas também gosto de comentar nos vossos blogs...

      Eliminar
  4. Pois olha que o pedido foi bem riquinho! Eu teria percebido logo... Eh eh eh. Um dia conto a história de como eu e o hunk nos conhecemos, embora não tenha assim tanta piada. =P

    Sejam felizes e aproveitem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahah eu não percebi logo porque sou idiota, enfim podia ter sido pior xD
      Fico à espera para ler essa história

      E obrigado :)

      Eliminar
  5. É sem duvida um pedido original! :)

    Sejam felizes :)

    ResponderEliminar
  6. LOL eu sempre soube que davas uma boa dona de casa... XD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahah foi a minha rica mãe que me obrigou, quero dizer, ensinou :P

      Eliminar